Hoje o PHP completa 20 anos!

Em 8 de Junho de 1995, Rasmus Lerdorf publicava a versão 1.0 do Personal Home Page Tools. Nascia o PHP!

Postado em 08/06/2015


É com grande felicidade que comemoramos hoje o aniversário de 20 anos de uma das principais plataformas de desenvolvimento para a web. Rasmus Lerdorf publicava, em 8 de Junho de 1995, a versão 1.0 do Personal Home Page Tools. Em cerca de 3 anos o conjunto de scripts que Rasmus criara evoluiu e, junto com sua comunidade, lançaram o PHP3 em 1998, já como uma linguagem de alto nível e usando o acrônimo recursivo PHP Hypertext Preprocessor.

Na virada do milênio a grande maioria dos sites na web que usavam alguma linguagem server side já haviam adotado o PHP. Nessa época foi lançado o PHP4 com diversas melhorias, além de projetos de suporte paralelos, como o PEAR e PECL.

Em 2004 era lançado o PHP5, que trazia toda uma nova API para os desenvolvedores, levando o paradigma de orientação a objetos para a plataforma, além de um sem número de melhorias. Isso aproximou o PHP de linguagens mais maduras e levou a linguagem do ElePHPant a um outro patamar ao longo dos anos.

Falando nele, que é um mascote que figura entre os mais icônicos na comunidade opensource, o ElePHPant é criação de Vicent Pontier e é objeto de desejo de desenvolvedores de diversas plataformas (inclusive de não-desenvolvedores, também!) há anos!



O PHP chega aos 20 anos ainda com os holofotes em si no quesito desenvolvimento para web – aprendendo com o melhor de outras plataformas como Ruby, Java, Python, entre outros. Com uma comunidade apaixonada e produzindo bibliotecas e frameworks de qualidade, além de contribuir ativamente com o ecossistema da plataforma com conteúdo, testes, tradução, documentação, palestras e treinamentos. Ainda neste ano a plataforma deve ganhar sua maior atualização em 11 anos: o PHP7.

Parabéns comunidade, parabéns desenvolvedores e, principalmente: parabéns PHP! Que venham outros 20 anos!

Deixe seu comentário
Categorias: Tecnologia; Programação;

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários